Quando falamos em leads, estamos tratando diretamente daqueles que serão nossos possíveis clientes, por isso é importante se planejar não somente para conseguir cada vez mais leads qualificados, mas também para poder atender aqueles que já estão em uma fase em que a conversão é o próximo passo, chamamos esse tipo de possível cliente de lead quente.

O que pode ser considerado um lead quente?

Consideramos como um lead quente, aquele que além de ter um real interesse naquilo que sua marca ou produto oferece possui um engajamento diferente de leads frios ou mornos, ou seja, ele consideravelmente conhece seu produto e sua empresa, entende sua credibilidade no mercado e o vê como uma opção confiável, além de interagir de maneira frequente com sua marca em seus canais de comunicação. O lead quente é a persona que já consumiu seu conteúdo, acessa seus e-mails marketings, ou até mesmo já montou um carrinho em seu site, porém não finalizou a compra ou pagou o boleto.

Como trabalhar com um lead quente?

Pensar nesse lead faz com que muitas pessoas acabem caindo no comodismo e o já considerem uma conversão certeira, mas nem sempre é assim. O lead quente é tão importante quanto aqueles que não estão tão próximos. O principal erro dentro da maioria dos planejamentos de marketing digital é focar na geração de leads sem entender em que estágio esse lead estará depois que entrar na base a ser trabalhada. Confira abaixo os 3 tipos de estágios existentes:

Lead frio: Aquele contato que está na base, mas nunca interagiu, ou cujo o atendimento foi feito á muito tempo atrás, sem nenhum tipo de retorno, geralmente esse tipo de lead tem pouquíssimo contato com sua marca e não sabe sobre seu posicionamento dentro do mercado de atuação.

Lead Morno: As dúvidas ainda permeiam a cabeça desse possível cliente quando sua empresa é o assunto, ou seja, ele conta com você como uma opção mas ainda não se sente seguro para realizar uma compra.

Lead Quente: Como citamos anteriormente, é aquele que confia nas opções oferecidas por sua marca e no conteúdo disponibilizado por sua empresa, além de concluir sua posição no mercado como totalmente relevante.

Levando em consideração cada etapa do ciclo de vida de um lead, agora vamos te ajudar a trabalhar o lead quente para que a conversão se torne uma realidade!

Dicas para atender um lead quente

#1 – Invista em um atendimento diferenciado: Lembre-se que esse tipo de pessoa já conhece seu produto, então o speech de vendas deve ser adequado ao entendimento do porque a compra ainda não foi realizada;
#2- Ofertas exclusivas: Ofereça ofertas exclusivas levando em conta o engajamento desse lead com sua empresa, esse com certeza será um fator que pode gerar uma conversão de forma muito mais rápida;

#3- Ofereça conteúdo relevante: Trabalhe com conteúdo desenvolvido realmente para esse tipo de lead. Muitas empresas generalizam o conteúdo e acabam tornando algo massante, fazendo com que sua imagem seja prejudicada;

#4- Seja objetivo: Justamente por obter um entendimento maior é necessário ser claro e adaptar sua interação com esse tipo de cliente, ou seja, seja prático para obter sucesso;

#5- Rapidez é fundamental: É necessário trabalhar o quanto antes esse lead, pois conforme o tempo vai passando o contato de outras empresas do mesmo segmento se torna uma realidade cada vez mais próxima.

Trabalhar de maneira correta com os leads quentes pode gerar o rendimento esperado de forma rápida, por isso é importante não perder essa oportunidade e continuar com foco em desenvolver os leads presentes em outros estágios.

Se mesmo após ler nosso artigo alguma dúvida surgir, não hesite em nos contatar!

A Innova é uma agência com foco em performance, por isso nos preocupamos em melhorar seus resultados e principalmente fazer com que seu faturamento atinja sua capacidade máxima, conte conosco em sua jornada rumo a maximização de resultados!